Edição 2019

Um dos festivais mais importantes e longevos do país está de cara nova em 2019. O Porão comemora 21 anos e aproveita a maioridade para se reinventar. Inspirado na estética dos games, neste ano o festival aposta em um formato para mostrar ao público seu “próximo nível” nos dias 16 e 17 de agosto. Quem quiser fazer parte dessa nova experiência esse ano tem de se antecipar, pois os ingressos são limitados e estão disponíveis na Sympla.

 

Um dos braços da renovação do festival é a aposta em atrações internacionais, fato que não acontece há cinco anos no Porão. Com nomes de fora do Brasil que trazem frescor ao festival, o Porão 2.1 – Próximo Nível pretende apresentar uma proposta de curadoria diferente, trazendo nomes do novíssimo rock mesclados a artistas consagrados, além de flertar com o reggae, o rap e a surf music. Diversas atrações brasileiras se somam aos gringos neste line up, misturando o que há de novo no cenário do rock mundial em diálogo com os nomes que fazem do rock brazuca um movimento de crescimento exponencial.

 

As primeiras atrações confirmadas até o momento são Nervosa (SP), Canto Cego (RJ), Supercombo (ES), Nuclear Assault (EUA), Demob Happy (ING), Edu Falaschi – Temple of Shadow in Concert (SP), Rincon Sapiência (SP), Machete Bomb (PR), Academia da Berlinda (PE), Surf Sessions (DF) e Rumbora (DF), que retornará aos palcos com show especial de seu primeiro disco. A lista completa com os 23 nomes que subirão ao palco será divulgada em breve.

 

Dentro da repaginada, o Porão 2.1 ganha também uma arena renovada. O novo espaço terá dois palcos principais nos quais se dividirão as atrações e contará com bungee jump e mini ramp e uma novíssima área de games, que oferecerá ao público do Porão experiências diferenciadas.

 

 

 

Sobre o Porão

O Porão do Rock nasceu em Brasília em 1998 e terá sua 22ª edição em 2019. Nos 21 anos de existência, o Porão reuniu mais de 1 milhão de pessoas e cerca de 900 bandas, entre nomes do Brasil e do mundo. De lá até aqui, nomes como C. J. Ramone, Muse, Helmet, Pitty, Nação Zumbi, Krisium, Cordel do Fogo Encantado, Baiana System, entre outros, já passaram pelo palco do festival. Além de Brasília, o projeto já passou por Buenos Aires, São Paulo e Goiânia e é considerado um dos maiores festivais independentes de rock do país.

 

REALIZAÇÃO:

APOIO:

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

Site Vivo Site Souza Cruz Site Terracap Site BRB Site Uniceub